Poema

Virgínia Goretti - Jardim de Vila Verde - Marco de Canaveses
No dia em que começou a primavera fiz este poema para os meus meninos. O objectivo deste trabalho é a transmissão de valores, ( Área da Formação Pessoal e Social).

"POEMA DEDICADO ÀS MINHAS CRIANÇAS NO DIA QUE COMEÇOU
A PRIMAVERA NO MEU JARDIM."
As flores do meu jardim têm coração; sentem, choram, riem.
As suas pétalas podem não ser as mais coloridas, mas são as mais delicadas e sensíveis.
São com estas flores e sua simplicidade que sinto que o carinho me rodeia em cada momento que partilhamos e que os momentos mais belos são feitos com as coisas mais simples.
Todos os dias as vejo crescer, não só em tamanho, mas em todo o seu desenvolvimento de uma forma alegre e harmoniosa.
Assim sinto-me também uma flor com coração e que pertenço a um jardim cheio de flores que se transformam e aprendem momento a momento o significado da vida.
São flores de várias espécies, que todos os dias, regadas com alegria e entusiasmo, regadas com persistência, alimentadas com carinho e afecto formarão o mais lindo jardim do mundo.
São estas flores, que me fazem sonhar que o mundo ainda será um único jardim e que mesmo que as flores sejam colhidas apenas sirvam para formar ramos de:
AMOR
AMIZADE
AFECTO
TERNURA
IGUALDADE
COMPRENSÃO
VERACIDADE.
Bookmark and Share

1 comentário:

Sonia disse...

È muito lindo esse poema
que coisa mais delicada a maneira como vc vê os seus alunos. seria muito bom se todas as professoras
do mundo inteiro pudessem alhar dessa mesma maneira para cada crianca que adentra a sua sala todos os dias. beijos sonia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
sd